Back to blog!

É isso aí, as férias acabaram, a viagem perfeita ficou para trás e agora estamos de volta a todo vapor (ou pelo menos nos trilhos para isso rs). Enquanto eu vou me readaptando à rotina, volto falando um pouquinho de como foram os últimos dias.

Realmente valeu cada minuto criando expectativa para visitar o sul da Argentina. Ushuaia é simplesmente o lugar mais bonito que eu já conheci – e olha que conheço o Caribe, apesar de não conhecer tantos lugares no mundo assim. A cidade é um charme e no inverno fica inteiramente branca, iluminada pelo sol ou meio cinza com a neve caindo. Parece coisa de filme, e para mim que nunca vi neve, foi uma overdose deliciosa com direito a todos os clichês: encontrei boneco de neve, fiz anjinho, fui puxada em um trenó de cachorros, levei muitos tombos de snowbord, catei floquinhos com a língua e mergulhei de cabeça em cada uma das experiências que estavam ao meu alcance.

Foto: Thiago Savassi

Ushuaia | Foto: Thiago Savassi

Recomendo de olhos fechados para quem ama frio, para quem quer conhecer um lugar cheio de histórias interessantes ou para quem quer ir literalmente ao fim do mundo. Quem tem um pouquinho de medo da friaca que faz, a opção é visitar a cidade no verão, que deve ser tão linda quanto, porém sem neve. Apesar dos seus quase 70 mil habitantes, Ushuaia parece uma cidadezinha do interior, que conta com uma rua principal no centro que acaba no famoso Museu do Presídio – que deu origem à todo o crescimento do local. No entorno, hoteis, praças, restaurantes e até alguns cassinos fazem as vezes da cidade, que é super charmosa, com muitas construções em madeira. Mas o atrativo principal são os passeios oferecidos para conhecer os principais pontos turísticos (em breve conto mais para vocês).

Puerto Madero - Buenos Aires | Foto: Thiago Savassi

Puerto Madero – Buenos Aires | Foto: Thiago Savassi

Já Buenos Aires é um outro ponto alto que merece elogios. Com certeza muito mais gente conhece e pode confirmar meu encantamento. Com estilo bem europeu, a capital argentina é um charme que só. Poderia passar dias andando pelas ruas do Palermo, bebendo um vinho à beira de Puerto Madero, descansando as pernas nas praças ou me infiltrando no centro atrás dos melhores cortes de carnes. Comer, beber, andar, admirar e repetir tudo isso durante dois dias e uns quebrados foi delicioso. Infelizmente, o tempo foi curto para conhecer todos os pontos turísticos que eu queria, mas já saí com uma bagagem recheada e pretendo voltar em breve. Afinal, está aqui pertinho da gente e vale muito a pena a “ponte aérea”.

Enfim, voltei apaixonada pelos dois lugares e poderia escrever uma monografia com todos os detalhes. Aos poucos, as dicas sobre ambas as cidades vão aparecendo aqui no blog para quem quiser repetir o roteiro. Espero que curtam os próximos posts de malas prontas. Um beijo ❤

Anúncios

Bye, bye…

A-ha, u-hu, chegaram as minhas férias! Mentira, eu já estava de férias há alguns dias rs. Mas chegou oficialmente a data de viajar 😀 Como eu contei antes para vocês, estou embarcando esse final de semana para a Argentina. Será meu primeiro contato com a neve, em Ushuaia, e depois ainda vou perambular pela capital dos hermanos para conhecer Buenos Aires.

viagem-de-avião5

Por esse motivo, vou andar um pouco sumida das redes sociais e do blog, mas eu sei que vocês vão me entender com carinho ❤ Deixei alguns posts programados durante a minha viagem, mas não estranhem se eu não responder os comentários imediatamente, como de costume, ok? Quem quiser acompanhar mais de perto e conhecer algumas dicas das duas cidades, podem me seguir no Instagram e no Snapchat. Não sei como vai estar a internet por lá, mas vou tentar atualizar sempre que possível 🙂

E quem tiver alguma dica das duas cidades, pode me mandar que eu aceito sugestões \o/ No mais, um até logo. Nos vemos em breve 😉

Kayak: Um plano completo de viagem no seu celular

Daqui pra frente vocês vão ouvir muito de viagem e de preparativos para encarar a neve rs. Espero que a quantidade de posts sobre o assunto ajude quem assim como eu está planejando as próximas férias! A dica hoje é mais do meu namorado do que minha, porque foi em uma viagem que ele fez no ano passado que descobriu um aplicativo que ganhou meu coração e vai ser nosso companheiro em Ushuaia e Buenos Aires (contei mais sobre isso nesse post aqui!): o Kayak.

kayak-app-viagem

Kayak é na verdade uma empresa de tecnologia que tem como objetivo otimizar a pesquisa de viagens online. Ele reúne centenas de sites de todo o mundo e permite que os usuários façam comparações de voos, hotéis e locação de carros com apenas um clique. Além disso, é possível escolher onde fazer sua reserva, o que muitos sites concorrentes não permitem.

kayak-app-viagem

Mas o que mais me interessou é uma função chamada “My Trips” (ou “Minhas Viagens”, em português”). Ali o aplicativo reúne todas as suas informações de reservas, com data, horário, endereço, nome do responsável, valores e tudo mais. Mesmo que você já tenha feito a reserva em outro site que não seja o Kayak, basta enviar o e-mail de confirmação do voo ou hotel que o aplicativo confirma a sua reserva. Em apenas um lugar, você tem um calendário com todos os trechos e informações da viagem, incluindo uma “folha de endereço” para mostrar aos taxistas e transfers e facilitar a comunicação. O aplicativo é tão massa que ainda te avisa se seu voo está atrasado ou se teve qualquer outro tipo de problema.

kayak-app-viagem

Vale a pena baixar: IOS | Android | Windows | Kindle Fire

Alguém já conhecia?

Wishlist na Benevento: minhas escolhas para a neve

No último post contei um pouquinho sobre a Benevento e compartilhei com vocês algumas dicas que recebi da Laura Zanni, empresária responsável pela loja, para montar uma mala para uma viagem à neve.

Decidi então dividir o post em dois, para não ficar muito grande, e agora mostro uma seleção de peças que fiz no site da loja, de acordo com uma lista que a Laura julga como essencial para viagens em locais com temperaturas muito baixas.

wish-list-benevento-roupas-neve-conjunto-termico-segunda-pele

Essas peças devem ser usadas em contato direto com a pele, mantendo o calor do corpo e permitindo que a pele respire. Possuem função de rápida absorção de suor, respirabilidade e secagem rápida, acelerando o processo de evaporação.

Dica: Leve pelo menos duas na mala, especialmente se for praticar esportes na neve, pois enquanto uma está secando, da para usar a outra.

wish-list-benevento-roupas-neve-camada-intermediaria

Malhas de cashmere, casacos de fleece ou polaterc ajudam a criar um isolamento térmico adicional. Devem ser usadas por cima do conjunto térmico e, em lugares muito frios, por baixo de casacos impermeáveis.

wish-list-benevento-roupas-neve-calças-leggings

É importante escolher tecidos encorpados e quentes, como lã ou veludo. Elas ajudam a manter a temperatura do corpo, por cima da calça térmica.

wish-list-benevento-roupas-neve-casacos-trench-coats

O casaco é uma das peças mais importantes para enfrentar o frio intenso. Casacos com enchimento de pluma ou sintéticos são ótimos isolantes térmicos. Já as peças de lã são indicadas para frio moderado. Se for enfrentar muita neve, procure casacos impermeáveis.

wish-list-benevento-roupas-neve-calçados-impermeaveis

Não dá para ir pra neve e congelar seus pés com calçados comuns. Uma boa bota ou tênis impermeáveis e com solados antiderrapantes são essenciais para essas viagens.

wish-list-benevento-roupas-neve-luvas

Como as mãos precisam estar protegidas e aquecidas, as luvas serão grandes companheiras durante a viagem. Escolha modelos que se ajustem bem à forma das suas mãos para não perder a flexibilidade dos dedos. As de couro forradas com lã são as melhores opções para ficar elegante e quentinha.

wish-list-benevento-roupas-neve-meia-termica

Não adianta usar meias de lã, que esquentam mas não isolam os pés do frio extremo. Aposte em meias térmicas, que façam parte do conjunto de segunda pele e vão manter os pés secos.

wish-list-benevento-roupas-neve-acessorios

Os acessórios como gorros, protetores de orelha e cachecois podem variar e ser versáteis, modernos ou tradicionais. O importante é escolher opções que vão combinar ou renovar as outras peças básicas que devem ir na mala. Aqui da para se divertir, usar e abusar!

Minha lista ficou bem básica, com cores neutras, que são fáceis de combinar com outras peças adicionais. Infelizmente aqui em BH não tem nenhuma loja física, mas quem se interessar pode adquirir as peças na loja online 😉

Benevento dá dicas do que levar em uma viagem para a neve

Vocês lembram que comentei aqui no blog sobre o planejamento da minha primeira viagem à neve? Pois então, no post que falei sobre Ushuaia, na Argentina, pedi algumas indicações de lojas de roupas adequadas e acabei recebendo uma super dica da Benevento, uma loja especializada em roupas e acessórios para baixas temperaturas.

A marca se fixou no segmento de inverno e neve desde 2007 e recebe produtos tecnológicos dos Estados Unidos e da Europa, que garantem proteção e comodidade para enfrentar o frio intenso. A proposta é oferecer ao público brasileiro uma grande variedade de peças selecionadas de marcas internacionais reconhecidas no mercado. Apesar de saber que esse tipo de roupa não é barata, achei os preços bem salgados, mas dá pra garimpar bastante e encontrar peças bem acessíveis em promoção…

benevento

Agora pensa uma pessoa que nunca viajou para a neve? Sou eu. E se já acho difícil fazer mala para passar um final de semana fora da cidade, pensa em uma mala para um dos lugares mais frios da América do Sul? Merece muita atenção e cuidado. É aí que a dona da Benevento, Laura Zanni, entra, dando dicas essenciais para quem, assim como eu, quer encarar um inverno extremo.

roupas-para-a-neve-2

Segundo Laura, o segredo é usar as roupas apropriadas que vão nos manter aquecidos. Aqui, qualidade é mais importante que quantidade. Afinal, as roupas de inverno que usamos aqui no Brasil podem ser lindas e quentinhas, mas não são suficientes para encarar temperaturas tão baixas. O truque é se vestir em camadas, começando pelo conjunto térmico ou segunda pele, que deve ser usado em contato direto com o corpo. Roupas de fleece ou lã para a camada do meio, dependendo da temperatura, e bons casacos e calças impermeáveis, se for o caso, para completar a produção.

É muito importante manter as extremidades aquecidas também, pois essas partes do corpo perdem o calor mais rápido. Investir em boas botas, meias térmicas, luvas e gorros vão ajudar a proteger mãos, pés e orelhas. A dica para não levar muita roupa, é ter um bom casaco, calça e bota neutros, e compor os looks com uma variedade de malhas e acessórios, como cachecol, gorro e chapéus.

Lembrando ainda que quem pretende fazer algum tipo de esporte ou passeio na neve, como esqui ou snowboard, deve pensar em roupas específicas para encarar as montanhas. Essas roupas aguentam e protegem do impacto com a neve, além de facilitar na execução dos movimentos. Em todo caso, as estações e agências costumam ter roupas e equipamentos para alugar.

Todo mundo preparado para encarar a neve? Aguardem só a minha wishlist que fiz na loja que vai ao ar no próximo post 😉

Antes tarde do que nunca!

Já estamos pra mais da metade do mês de fevereiro de 2015 e só agora estou conseguindo voltar a escrever por aqui. Fim de ano com o início do ano embolou tudo! 3 trabalhos ao mesmo tempo + 20 dias de ferias merecidas + retorno ao trabalho com viagens + muito trabalho + casa para por em ordem, ai fiquei sem tempo algum para nada. 🙂

Mas o primeiro post desse ano e da nossa coluna é com uma dica incrível! É um restaurante ma – ra – vi – lho – so de Paris, em todos os sentidos (comida, serviço, ambiente, local).

Já ouviram falar no Maison de la Truffe?? Um dos meus restaurantes favoritos do mundo!! Muito bom!! Perfeito!! Fui lá jantar com meu marido e minha sogra e lembrei de tirar fotos.

4

A especialidade do restaurante são as trufas, ou seja, todos os pratos oferecidos no cardápio são trufados (exceto aqueles sem trufa alguma para quem não gosta ou tem restrições). No menu você pode escolher se você quer a trufa da estação, daquela temporada, ou se você prefere outra, especial. Cada um pediu uma coisa na nossa mesa e ai tirei fotos pra gente:

Esse foi o meu prato! Risotto de trufas da estação.

Esse foi o meu prato! Risotto de trufas da estação.

Prato do meu marido: steak tartare trufado, é claro!

Prato do meu marido: steak tartare trufado, é claro!

Pedido da minha sogra: massa trufada e molho trufado.

Pedido da minha sogra: massa trufada e molho trufado.

Tirando que tudo estava deliciosamente perfeito, digo também que o preço é justo, o serviço de primeira, localização e decor, nota 10 e comida de te levar aos céus. Quem quiser ir, recomendo fazer reserva, pois o restaurante é pequeno, exclusivo e super concorrido. Nós fomos no da Place de la Madeleine. Indico demais!

Dentro do restaurante.

Dentro do restaurante.

Quem estiver com viagem marcada a Paris e puder ir comer por lá, não vai se arrepender, garanto! Agora quem não conseguir ir ou quiser apenas comprar produtos trufados, dentro do restaurante tem uma mini lojinha com produtos de primeira. Os preços são salgados, mas para os amantes da culinária e das trufas acaba valendo.

Um pouco da lojinha dentro do restaurante.

Um pouco da lojinha dentro do restaurante.

Espero que tenham gostado do post e da dica e até o próximo!

Uma viagem ao fim do mundo!

Férias. Ô palavrinha que tem poder de arrancar sorrisos fáceis e criar planos incríveis. Sete, quinze, vinte, trinta dias. Não importa o tempo, o descanso é sempre muito bem vindo e, de preferência, muito bem aproveitado. No meu caso, nada melhor que uma viagem. E como boa sistemática que sou, gosto de planejar as minhas com antecedência, fazendo muitas pesquisas, planilhas, comparações e pegando dicas de todos os cantos.

Esse ano eu cismei que queria esquiar ou fazer snowboard… enfim, eu queria conhecer e brincar na neve, seja lá qual for o esporte escolhido para isso. Mas no período que eu posso tirar férias, o único destino com certeza de neve é Ushuaia, um lugar que já estava na minha listinha de “quero conhecer antes de morrer” há algum tempo. De acordo com o site de turismo da cidade, o inverno dura de junho a agosto.

ushuaia-placaushuaia-inverno-1

Para quem não conhece, Ushuaia é a cidade mais austral do mundo. Localizada na Ilha da Terra do Fogo, ao sul da Argentina, fica a ~apenas~ 800km da Antártida e atrai turistas durante o ano todo. Conhecida como “fim do mundo”, a cidade proporciona momentos incríveis em todas as estações (muito bem definidas) do ano. Enquanto no verão os visitantes podem fazer diversos passeios ao ar livre nos parques, lagos e montanhas da região, tendo a oportunidade de encontrar muitos pinguins por aí, no inverno, que é a época que eu vou, os esportes e passeios na neve dominam a cidade, que fica branca e quase congelada.

ushuaia-esqui ushuaia-inverno

Pelo que li e pesquisei, a Estação Cerro Castor é muito famosa e atrai gente de todo o mundo, recebendo inclusive atletas profissionais e competições mundiais. No inverno, a cidade oferece vários passeios como 4×4, trenó de cachorros (não sei se tenho coragem, porque fico com dó dos bichinhos), snowmobile, caminhadas com raquetes, cross country, caminhadas noturnas, patinação, escalada, passeios de barcos, etc. Além disso, os principais pontos turísticos continuam abertos, sendo possível visitar os museus, fazer o famoso passeio de trem ou ver a cidade de cima dentro de um helicóptero.

buenos aires

Depois de Ushuaia pretendemos fazer um pit stop em Buenos Aires. Já que a grande maioria dos voos fazem escala por lá, decidimos passar alguns dias na capital argentina para conhecer e nos deliciar com muitas carnes, bons vinhos e, claro, muitos alfajores! #yummi

Então, como estou em fase de planejamento, gostaria de saber quem tem dicas de passeios, bares, pubs, restaurantes, pontos turísticos, compras e tudo mais que vocês conhecem dos dois lugares para indicar! Podem comentar aqui embaixo ou enviar um e-mail para blogsistematicas@gmail.com. Aceito também dicas de lojas específicas de roupas e acessórios bons para encarar muita neve… vou precisar 😛

E prometo, vou anotar todas as dicas das duas cidades durante a viagem e preparar muitos posts para quem também quer conhecer o fim do mundo 😉

PS.: Minhas pesquisas indicaram que quem for para Ushuaia pode pensar em conhecer Punta Arenas, Puerto Natales, El Chaltén e/ou El Calafate – que tem como atrativo principal a geleira Perito Moreño. Pensamos em estender nossa viagem a El Calafate mas infelizmente o passeio que a gente queria fazer só abre em agosto e já vamos ter voltado. Fica pra próxima!

Chilli Beans Fashion Cruise: Moda em alto mar

E depois de um carnaval bem divertido, uma (várias) folia(s) bem feita(s), de fantasias, plumas e curtição e, claro, um descanso bem merecido… estamos de volta! E voltei com novidade boa pra quem curte moda e viagens 🙂

Inaugurando o circuito de moda no país, o Chilli Beans Fashion Cruise confirmou as datas da próxima edição do evento, que une estilos, conceitos, moda e muita diversão em alto mar. A bordo do navio Costa Favolosa, as marcas Amapô, Blue Man, Poko Pano, Walério Araújo, Sumemo, Thais Gusmão, Redley, Diva, Sta. Victória e Cantão irão desfilar suas apostas para o verão 2016 em coleções desenvolvidas especialmente para a ocasião.

chilli-beans-fashion-cruise-2015

Com o intuito de promover a diversidade da moda brasileira, brands com visões e estilos diferentes vão se juntar para mostrar as infinitas possibilidades que se encaixam com a proposta do evento, que reúne em um mesmo espaço moda, música, arte e qualificação profissional.

Idealizado pela empresária Carla Wolf, da agência Dreamakers, o Fashion Cruise se uniu à Chilli Beans para criar um dos eventos mais originais do mundo da moda, recebendo à bordo estilistas, stylists e outros profissionais do mercado, que irão ministrar oficinas, cursos e workshops, além de uma programação especial oferecida pelo Instituto Marangoni. Para completar, o cruzeiro tem duas paradas programadas em Ipanema e Búzios, no Rio de Janeiro, com visitas guiadas em algumas lojas cariocas como Animale e Farm.

Informações e reservas:

  • Data: 21 a 25 de março de 2015
  • Valores: Cabines de R$ 2.300,00 a R$ 2.900,00 por pessoa. O pacote inclui acesso liberado a toda a estrutura e entretenimento do navio, além de passaporte para todas as atividades do evento.
  • Reservas: Dreamakers Travel (11) 3624-0090 | TAM Viagens (11) 3274-1313

Because Paris is always a good idea!

IMG-20140812-WA0018

Uma das coisas que mais gosto de fazer na vida é viajar. Adoro conhecer lugares novos ou voltar para locais já visitados e que amei, mas que sempre tem algo novo para descobrir e conhecer. E Paris é um desses lugares que você vai uma vez e não se importa de voltar 1, 2, 3 ou quantas vezes puder, concordam?

Aproveitei que meu pai e meus irmãos viajaram antes para Europa de férias no início de junho e encontrei com eles no fim da viagem. Eles foram à Grécia (Mykonos, Santorini e Atenas) e Espanha (Barcelona). O último stop deles era Paris, e foi lá que nos encontramos. Passamos 5 dias na Cidade Luz e foi uma delícia, afinal Paris é sempre uma ótima ideia.

Como era a última semana de junho, não estava aquele calor de matar, pelo contrário, estava super gostoso. E o que eu fizemos na cidade? Bom, como já conhecíamos, não teve aquele estresse de visitar tudo durante esses 5 dias. Foi uma viagem mais relax, em família, curtindo as cias, a cidade e o tempo lindo. Eis o que fizemos:

Como chegamos no sábado no início da tarde, fomos almoçar em um café típico da cidade (você encontra um a cada esquina) e a noite fomos assistir ao show de cabaret no Lido que fica na Champs Élysées. Reservamos uma mesa no andar de cima e a opção que escolhemos era a entrada custando 110 euros por pessoa com direito a um espumante por casal. Existem várias opções e é só você escolher a que mais te agrada. Sugiro fazer reserva porque lá fica super cheio e são apenas 2 apresentações por noite. Depois do show fomos passear pela Champs Élysées e jantamos por lá mesmo.

IMG-20140812-WA0016 IMG-20140812-WA0020No domingo resolvemos fazer um city tour pelos principais pontos turísticos da cidade e para isso pegamos o ônibus Hop-on Hop-off . O custo por passageiro é 29 euros para 1 dia de passeio, mas se você comprar pelo site tem desconto de 10%. O ônibus passa e para em todos os pontos famosos e tem áudio contando um pouco da cidade em vários idiomas. Você pode descer em qualquer uma das paradas, fazer uma visita e depois pegar o próximo Hop-on Hop-off para continuar o passeio. Para quem não conhece ou tem pouco tempo em na cidade, essa é uma ótima opção de passeio, pois assim você dá uma geral e escolhe o que conhecer/visitar primeiro. Até mesmo para nós que já conhecíamos, o city tour foi ótimo, descemos em alguns pontos, tomamos café, passeamos, etc, e assim foi durante todo o dia.

Segunda foi dia de passear pela Champs Élysées novamente, mas fazendo compras e aproveitando o lindo tempo e almoçando por lá. Nesse dia também vistamos a Catedral de Notre Dame que é maravilhosa, a Pont des Arts (ponte famosa por seus inúmeros cadeados), os Jardins do Trocadero e a torre Eiffel (não subimos dessa vez). O jantar foi em um restaurante a caminho do hotel.

IMG-20140812-WA0017 IMG-20140812-WA0019

No dia seguinte, terça-feira, minha irmã e eu fomos ao Château ou Palácio de Versailles. Esse é um passeio de um dia inteiro, então sugiro tomar café da manhã e ir. Nós fomos de metro, e garanto que é super fácil e prático além de ser a maneira mais barata de se chegar lá. Mas existem outras opções com diversos preços, é só você escolher a que mais te agrada. Visitamos os jardins que são lindos de viver, passeamos com toda calma do mundo, tiramos fotos, e voltamos para o hotel somente no fim do dia. Os preços são separados. Para visitar os jardins o custo foi de 12 euros se não me engano, sem o show de água (nesse dia não teve), e para o palácio o valor era de 15 euros. Esse passeio é lindo e vale muito a pena!!

IMG-20140812-WA0023IMG-20140812-WA0022IMG-20140812-WA0021

Quarta-feira era último dia inteiro em Paris e pela manhã fomos ao outlet La Vallée Village. Ficamos lá umas 4 horas (suficiente), almoçamos e voltamos à cidade para mais compras na famosa e bonita Galeries Lafayette.

Na quinta de manhã antes de irmos embora, fomos ao supermercado comprar algumas coisas típicas francesas e que vale super a pena trazer para o Brasil: vinhos, queijos, mostardas, foie gras e o que mais você ver e quiser. hahaha. Depois voltamos para o hotel, arrumamos as malas e fomos embora.

Diquinhas importantes:

  • Transporte: Andar em Paris é muito fácil. O metro funciona muito bem e te deixa em qualquer lugar rapidamente e sem trânsito. Na minha opinião, melhor meio de transporte, além de ser barato!
  • Use as palavrinhas chaves: bonjour, bonsoir, merci, s’il vous plait. Elas quebrarão o gelo e te ajudarão muito!
  • Quem for a primeira vez tem que visitar: torre Eiffel, Arco de Triunfo, Pont des Arts, Jardins do Trocadero, Catedral de Notre Dame e passear pela Champs Élysées.
  • O museu do Louvre é enorme, você nunca conseguirá visitar tudo de uma vez, então escolha uma ala que lhe interesse e visite.
  • As crepes vendidas no trailer perto da torre Eiffel são deliciosas e baratas, Ótima pedida!!
  • No mais, aproveita e curta muito a sua viagem!!!!

Au revoir!

Panamá: Hotel Victoria

É tradição em réveillon todos nós fazermos planos para o ano novo ou usarmos roupas com cores que vão atrair desejos para o ano que vem chegando. Um dos meus planos para 2014 vai ser postar todos os posts que ficaram pendentes em 2013. E um desejo que tenho, não só para o ano que vem mas para toda a vida, é viajar muuuuito!

Pois então, vou começar esse ano postando uma dica que estava pendente há muito tempo sobre viagem. Quem acompanha o blog há mais tempo lembra que em junho do ano passado eu fui para Punta Cana, com direito a parada no Panamá. Já mostrei muita coisa de Punta aqui no blog e hoje a dica é sobre hotel para quem também pretende ir na Cidade do Panamá!

hotel-victoria-cidade-do-panama

Victoria Hotel & Suites

Nós ficamos apenas um dia e uma noite no Panamá, chegando de manhã e indo embora logo na outra manhã. Como o tempo foi curtinho, procuramos um hotel que fosse bom mas ao mesmo tempo tivesse um preço em conta, e achamos o Victoria Hotel & Suites, que tem uma avaliação boa no Trip Advisor. A localização dele é excelente, no centro da cidade, com acesso fácil e rápido a tudo.

Quarto simples

Quarto simples

Os quartos são confortáveis e espaçosos, com decoração simples e moderna. Têm rede wi-fi, TV, secador de cabelo, banheiros grandes com chuveiros ótimos. Vale dizer que o quarto duplo tem uma sala que deixa o ambiente bem mais espaçoso. Nós almoçamos e jantamos em restaurantes na cidade (vou falar em outro post!), então do restaurante do hotel experimentamos apenas o café da manhã, que apesar de não ser nada esplendoroso tem muitas opções gostosas. O hotel tem ainda um bar no hall de entrada e academia e piscina na “cobertura”.

hotel-victoria-cidade-do-panama

Hall de entrada do Hotel Victoria

O atendimento é excelente. Todos os funcionários são muito simpáticos e atenciosos, preparados para atender turistas tirando todas as dúvidas e oferecendo os melhores serviços. Recomendo sempre pedir táxi do hotel pois tem garantia de segurança. Os funcionários também podem recomendar passeios e shoppings de acordo com o interesse de cada hóspede.

A conclusão é que o Victoria é um excelente custo x benefício, principalmente para quem vai ter uma estadia curtinha como a nossa. Alguém mais conhece? Recomendam algum outro hotel na cidade?