Homem de salto: será que aguenta?

Eu vi esse post no Starving e tive que replicá-lo aqui no blog pois, além de ser um experimento bem bacana e divertido, é assunto que eu já queria discutir com vocês.

O protagonista do case é Brandon Cohen, um cara que estava cansado de ouvir mulheres se queixando de dores nos pés em função dos saltos e, por isso, decidiu se colocar à prova e passar um dia inteiro com sandálias de salto para ver se era frescura ou, de fato, esses queridinhos incomodavam.

29EFF37300000578-3137993-image-m-50_1435172897897e69585b0-1b5f-11e5-ac42-176513596376_Screen-Shot-2015-06-25-at-1-28-49-PM-copy

Convenhamos que o modelo escolhido não é adequado, muito menos para um rapaz que vai estrear na arte de desfilar de salto alto por aí. Sandálias de festa são de longe as mais desconfortáveis por serem muito finas, com saltos finos e tiras também finas. Obviamente nenhuma mulher com bom senso passaria um dia inteiro em cima delas. Mas, quem tá na chuva é para se molhar, né Brandon? E não é que ele passou um dia inteiro com essas belezuras?

O vídeo está em inglês, mas acredito que dá para acompanhar. Logo nos primeiros minutos ele já reclama de dor. É cômico ver a falta de equilíbrio e dificuldade para andar, além de entender as piadinhas que os outros fazem ao ver um homem com um sapato desses. No final, ele comprovou o sacrifício que é ficar nas alturas e até desistiu de sair à noite para deixar os pés de molho em casa rs.

Brincadeiras à parte, sabemos que o salto faz parte do universo feminino e não há nada mais elegante do que uma mulher em cima deles. Alonga a silhueta, ajuda na postura, deixa tudo mais lindo e sensual. O problema é que realmente é um sofrimento para muita gente, que acaba com os pés doloridos e cheios de calos, isso quando as sandálias não machucam tanto que chegam a ferir.

E eu andei pensando muito sobre isso quando estava fazendo uma limpeza no meu armário e vi que vários sapatos de salto estavam literalmente abandonados. Deixei de usá-los porque me machucavam muito e eu não conseguia ficar muito tempo com eles nos pés. Na verdade, cheguei à conclusão que para subir no salto ele TEM que ser confortável, ao invés de pensar quanto tempo eu vou ficar em pé ou sentada em uma festa. Não tem Louboutin que vai me fazer sofrer em cima da perfeição nem dress code que vai me obrigar a morrer de dor.

Eu amo sapatos baixos e botinhas, todo mundo sabe. Mas também sei que o salto tem sua hora e lugar. Às vezes é necessário. Às vezes simplesmente dá vontade de usar. Mas nessas horas, optem por sapatos amigos dos seus pés. Não justifica usar calçados que apertam ou machucam em nome da beleza ou da elegância. Chique mesmo é estar bem com você. Seus pés agradecem 😉

ferias blog

Anúncios

Comente!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s