Minas Trend Preview: Primeiras Impressões

Ainda não tive tempo de parar para falar de cada um dos desfiles, das tendências ou de algumas marcas que revi/conheci no Minas Trend Preview. Mas não queria deixar de comentar minhas primeiras impressões…

Já participo do evento desde os primeiros meses de criação do blog e a cada visita é uma nova experiência. No início, ainda “juninha” na blogosfera fashion, tinha um olhar menos crítico e mais deslumbrado. Com o tempo, comecei a identificar melhor as oportunidades, conhecer pessoas incríveis e aprofundar ainda mais a visão do mundo da moda. E não fui só eu que “cresci” na semana de moda mineira. O próprio evento vem ganhando peso, melhorando sua organização e aumentando sua representatividade no cenário nacional.

minas-trend-preview

Infelizmente, devido aos horários, não consegui assistir a todos os desfiles dessa vez. Mas reuni uma série de tendências que vem para o próximo inverno e a cobertura do blog continuará completa por aqui. No salão de negócios, a abertura de algumas marcas para receber bloggers ainda é extremamente fechada, especialmente nas marcas de vesturário – que inclusive estão com mania de fechar o estande com paredes ou cortinas (para ter mais privacidade?). Entretanto, é sempre bom encontrar aqueles que te recebem com um sorriso no rosto, te apresentam a próxima coleção e, ainda que alguns não permitam tirar fotos do que vem pela frente, deixam o canal aberto para futuras visitas no showroom. A vocês, meu muito obrigada!minas-trend-preview-manequins-1 minas-trend-preview-manequins-2minas-trend-preview-manequins

E além dos desfiles e do salão de negócios, me deparei com algumas exposições realmente incríveis! Logo na entrada, Patrícia Bonaldi mostrou toda a riqueza do seu trabalho em uma exposição de babar. A tradicional fila de manequins foi vestida em preto e branco, brilho e glamour, para apresentar o que vem pela frente através do trabalho de vários expositores, com um toque medieval. Mas duas exposições, em especial, me chamaram a atenção.

mtp-habitantes-invisiveis

Habitantes Invisíveis, criada por Rogério Lima, traz um olhar da moda como fator socializante, como falei aqui para vocês. Foi tocante entrar no fantástico mundinho fashion, que é o Minas Trend, e me deparar com uma exposição das bolsas maravilhosas do Rogério em cima de amontoados de jornais e papelão, em frente a fotos de Sérgio de Rezende que retratam uma realidade que muitas pessoas esquecem que existem. Amei a reflexão que ele propõe dentro de um espaço onde os olhos estão voltados para o consumo e gostaria de ver essa exposição passar por mais lugares.mtp-habitantes-invisiveis-1mtp-habitantes-invisiveis-2

E a segunda, ainda pequenininha e sem luxo algum, foi a das t-shirts do Projeto Minas Pela Paz. As estampas apresentadas nas coleções de verão das marcas Bárbara Bela, Doisélles, Faven, GIG, Mabel Magalhães, Lucas Magalhães, Vivaz, Mary Design e Rogério Lima dão vida à peças-piloto, que carregam o conceito de paz e compromisso de uma sociedade melhor. Segundo a organização, as camisas estarão disponíveis para venda na próxima edição do evento. Mas deixaram um contato para quem quer garantir a sua: (31) 3214-0417.

minas-pela-pazBacana, né?! Nos próximos posts do evento já vamos mergulhar nos desfiles e, em breve, conto um pouco de coleções incríveis que vi por lá 🙂

Anúncios

Comente!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s