Confie no amor…!

Desde que criei o blog tenho o hábito de colocar alguns textos bacanas sobre amor e relacionamento no Dia dos Namorados, que servem de reflexão para quem tem um grande amor ou está em busca dele. Ontem, por coincidência, li um texto que resume muito do que eu acredito ser essencial para qualquer relacionamento dar certo: a confiança.

O texto dizia mais ou menos que casais felizes confiam! Não se preocupam com os outros que tentam enfraquecer ou sabotar a relação, com palavras, intrigas ou joguinhos estúpidos que vem de fora. Eles sabem que seus sentimentos são verdadeiros pois já provaram isso repetidas vezes um para o outro. E essas provas não são feitas de palavras, “eu te amo” e surpresas no dia 12 de junho. São provas concretas vindas de ações que mostram que sim, é possível acreditar. Um bom relacionamento é moldado dia após dia, com amor, respeito, dedicação e companheirismo. A fidelidade não deve ser uma obrigação. É consequência. É o resultado daquilo que os dois estão construindo juntos, lado a lado, por opção.

dia-dos-namorados-1

Muita gente fica se perguntando “E se…?”. Mas quem vive de “se” jamais chegará ao agora, e muito menos construirá um futuro. O “se” que muita gente se pergunta nada mais é do que uma hipótese criada por si mesmo para prevenir uma possível decepção – que pode nem acontecer. Mas o medo de se entregar a alguém e se machucar depois é tão grande, que muitas pessoas se agarram na corda do “se” ao invés de mergulhar de cabeça no relacionamento e curtir ao máximo o que a vida tem de melhor, a dois.

E vivendo sempre com o pé atrás, com um nó na corda do “se”, jamais abrem o coração a ponto de terem a certeza de que fizeram a escolha certa. Vivem na dúvida, nos porquês, nos serás… vivem preparados para enfrentar o maior tapa na cara, mas temem se entregar por causa do medo e da insegurança. E o que é um relacionamento se não se entregar a alguém? Se não dividir sua vida com aquela pessoa especial que surgiu de repente, te arrancou suspiros e lhe deixou com as pernas bambas?

Por isso, quando a dúvida surgir, feche os olhos e pense nesse primeiro encontro. Na sensação de uma certeza incerta, na tensão do primeiro beijo, na vontade do segundo… Quando a dúvida surgir, ao invés de recuar, se jogue! Pule de ponta sem medo de se machucar. Porque quando o sentimento é verdadeiro e as demonstrações de carinho são sinceras, a confiança vem de graça… e com ela, a felicidade!

E enquanto muitos vão me chamar de utópica com esse pensamento de contos de fadas sobre relacionamentos nos dias de hoje… deixo o trecho de uma música que amo de paixão:

“You can say I’m a dreamer, but i’m not the only one…” (John Lennon)

Feliz Dia dos Namorados ❤

Anúncios

Comente!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s