A sensacional biografia do Led Zeppelin!

Hoje é Dia do Rock e para comemorar o dia vou dar uma dica de ouro para os fãs de rock n’ roll. Tudo bem que os grandes fãs com certeza já devem ter lido a obra de Mick Wall, que conta a história do Led Zeppelin, uma das maiores bandas de rock da história. Mick Wall é um dos jornalistas de rock mais conhecidos do Reino Unido. Em 1986 iniciou uma carreira bem sucedida como escritor e retratou história de grandes nomes como Ozzy Osbourne, Guns N’ Roses, Metallica e Iron Maiden.

Quando os Gigantes Caminhavam Sobre a Terra é um deleite para quem curte Led Zeppelin e um ótimo livro para quem quer conhecer melhor a história cheia de lendas e mistérios da banda formada por Jimmy Page, Robert Plant, John Paul Jones e John Bonham, além do empresário Peter Grant e seu assistente e leão de chácara Richard Cole. A história é montada a partir de flashbacks que foram escritos com uma enorme pesquisa, entrevistas e depoimentos, além da vivência de Mick com a banda.

quando-os-gigantes-caminhavam-sobre-a-terra-biografia-led-zeppelin

Quando Jimmy Page se viu sozinho nos Yardbirds e saiu em busca de músicos para montar a banda dos sonhos, a história do Led começa a se formar com grande riqueza de detalhes. Além dos trunfos e sucessos em pouco mais de uma década de vida, são também expostos o lado negro do quarteto, com as bizarras experiências com groupies, consumo excessivo de álcool e drogas, violência de Grant e Cole com quem quer que cruzasse seu caminho e os boatos de magia negra que envolvem a banda, especialmente com Page. Aliás, um dos pontos fortes do livro, na minha opinião, é exatamente as mais de 50 páginas que retratam a relação de Jimmy com o ocultismo de Aleister Crowley, tão bem detalhado que chega a assustar.

led-zeppelin

Ao ler Quando os Gigantes Caminhavam Sobre a Terra, você consegue ter uma visão profunda dos integrantes e envolvidos, dos anos de sucesso e da “decadência” do Led Zeppelin – entre aspas, porque mais de 40 anos depois de sua formação a banda continua tendo seu brilho para fãs de todas as idades. Uma banda que acreditou e que investiu, que superou gigantes na época – como Rolling Stones – mas que se descontrolou (hey, drogas!) até que a morte de Bonham marcasse o fim da maior banda de rock de todos os tempos. Ainda são descritas a vida pós-Led dos integrantes, como a carreira solo de Plant, o trabalho de produtor de John Paul Jones e as tentativas de voltar a tocar juntos de Jimmy. Ao final da leitura, é possível entender os motivos para Plant não voltar a tocar com a banda e simpatizar um pouco mais com a loucura de Page. É uma biografia mais do que completa, rica em detalhes e referências e um prato cheio para o rock n’ roll.

Recomendo de olhos fechados para quem gosta de música, literatura, biografias ou até mesmo para aqueles que querem mergulhar em uma história inacreditavelmente surpreendente. Thanks, Mick!

Anúncios

Comente!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s