Restaurante Week: Bodega 361

Até o dia 9 de setembro ainda rola o Restaurante Week e, como fui a mais um restaurante participante, deixo aqui a minha opinião para vocês.

Dessa vez fui no Bodega 361, um restaurante argentino na entrada do Morro do Chapéu, eu não conhecia e achei o ambiente bem agradável. A casa não é muito grande, mas é aconchegante e bem servida. O casal de donos (um brasileiro e uma argentina) são muito simpáticos e nos receberam muito bem. Quanto ao cardápio, vamos lá…

Entrada: Empanada Argentina tradicional de carne ou Bruschettas de cream cheese com salmão defumado e cebolinha verde.

O prato vem apenas com uma de cada, não sei porque as fotos são com duas. Mas enfim, pedi a empanada, já que era argentina, queria experimentar haha. Gostei, apesar que achei bastante apimentada e tinha azeitonas – que eu ODEIO – e no cardápio não avisava isso. Quem pediu a bruschetta gostou muito!

Prato principal: Ojo de bife Argentino (parte dianteira do contra-filé de 250grs) com risoto de parmesão ou Filé de linguado ao molho de laranja com risoto de limão.

Eu pedi o linguado, porque tava super afim de comer peixe, e achei o prato muitoooo bom! Tanto o peixe como o risoto estavam uma delícia, temperados na medida. Experimentei (claro!) o risoto de parmesão com a carne e me arrependi de não ter pedido haha. Em restaurante argentino, a carne tinha que ser boa né?! Mas preferi o risoto de limão ao de parmesão. Podia misturar os dois pratos hehe.

Sobremesa: Panqueca de banana e doce de leite argentino com sorvete de creme ou Cheesecake com frutas vermelhas.

Não achei foto do cheesecake 😦 Eu pedi ele, e sinceramente, como conversamos, não parecia cheesecake e sim uma “tortinha de limão”, mas a cobertura de frutas vermelhas estava muito boa. A outra sobremesa estava com a cara muito melhor e, segundo uma amiga que pediu, muito boa!

Apesar das minhas escolhas erradas (#fail) achei o restaurante e o cardápio muito bons! E recomendo aproveitar o Restaurante Week para conhecer pois o custo x benefício vale a pena, fora do evento os pratos desse cardápio tem um preço bem mais alto. De qualquer forma, é um lugar que eu voltaria e recomendo. Alguém mais aí conhece? Tem a mesma opinião?

Anúncios

2 pensamentos sobre “Restaurante Week: Bodega 361

  1. Gabi, infelizmente minha experiência no Bodega 361 foi bem diferente. Eu resumiria em 3 palavras: Humilhação, grosseria e constrangimento.

    Isso foi o que passamos na noite do dia 08/03/2013 no Restaurante Bodega 361, local onde já fui outras vezes e sempre recomendei.

    Tivemos um jantar muito bom e sem nenhum problema. A noite estava indo muito bem, até que chegou a conta.

    Cobraram, na conta, as doações de R$ 1,00 para o Instituto Ayrton Senna, o que, a meu ver, é um absurdo e não pode ser permitido – o correto é levarem à mesa a latinha do evento. Chamamos a garçonete e pedimos para retirar o valor das doações da conta, mas antes que pudéssemos pedir para trazer a latinha ela já saiu dizendo que ia chamar a dona do estabelecimento, pois a “doação era obrigatória”!

    Vamos parar por aqui por um momento. Quero primeiramente fazer uma denúncia aos organizadores do Restaurante Week e deixar avisados os demais clientes. Colocar a doação na conta é uma forma de coação do cliente, além de ser desonesto e desrespeitoso com o próprio evento. Não importa o valor! Seja R$100,00 ou 1 centavo. A questão aqui é de princípios. Se você receber o valor da doação na conta peça para retirar e trazer a latinha, caso queira doar. O que nos leva a segunda questão: Não existe DOAÇÃO OBRIGATÓRIA. Isso já é uma contradição em termos!! Não aceite esse tipo de situação!

    Voltando aos acontecimentos, logo chegou a nossa mesa a Sra. Paula, ‘responsável’ pelo estabelecimento, espumando de raiva e já discutindo para todo mundo ouvir que era um absurdo pedirmos para tirar a doação da conta, que era obrigatória sim e que estávamos negando aos pobres, e que ela teve mais de 2000 clientes no evento e ninguém nunca reclamou disso.

    Tentei explicar que não era esse o caso, que já fomos em outros restaurantes e doamos sem problema. E então ela solta: “Pois então, já foram em outros e tiraram vantagem e agora não querem doar para os pobres!”

    Vamos parar por aqui de novo! “Tirar vantagem”? De quem ou do que? Agora cliente que participa do Restaurante Week tira vantagem? Será que dos “pobres” donos de restaurantes que ficam com a casa lotada por causa do evento, com filas de espera intermináveis na porta? Será que eles não lucram nada com isso??Esse evento por acaso dá prejuízo aos restaurantes? Ela mesma soltou na mesa que já tinha recebido mais de 2000 clientes no evento, e agora tem coragem de dizer que tiramos vantagem! Cúmulo da falta de respeito!

    Tentei argumentar que o problema era a doação na conta, e que deveriam trazer a lata. Ela saiu bufando, pegou a lata e disse só tiraria o valor da conta depois que visse a gente doando! E ficou parada em pé ao lado da mesa esperando!

    A essa altura todos os clientes das mesas em volta pararam de jantar para assistir a cena da Sra. Paula.

    Falamos que não iríamos mais doar, pois a situação chegou a níveis absurdos, queríamos pagar a conta e ir embora. Pagamos a conta e na saída ainda tivemos que ouvir ela rogar pragas de que pagaríamos isso no futuro! Saímos do restaurante com ela atrás aos berros.

    Nunca passei por uma situação dessas na minha vida! Foi o cúmulo da falta de respeito com o cliente!! Saiba a Sra. Paula que perdeu 4 clientes e com certeza outros que tiveram sua noite arruinada com o barraco que ela aprontou no restaurante.

    Nossa noite acabou sendo horrível e acabou com toda a alegria que estava envolvida no jantar. Espero que ninguém tenha que passar por isso, mas peço para que os clientes não deixem passar esse tipo de situação em branco. Só podemos mudar essas atitudes denunciando os acontecimentos.

    Fica aqui minha denúncia embasada no Código de Defesa ao Consumidor, saber nossos direitos é fundamental!

    LEI Nº 8.078, DE 11 DE SETEMBRO DE 1990.

    “Art. 71. Utilizar, na cobrança de dívidas, de ameaça, coação, constrangimento físico ou moral, afirmações falsas incorretas ou enganosas ou de qualquer outro procedimento que exponha o consumidor, injustificadamente, a ridículo ou interfira com seu trabalho, descanso ou lazer:

    Pena Detenção de três meses a um ano e multa.”

    Gostar

    • Ei Renato,

      Sempre costumo falar que minhas avaliações de restaurante são do dia que eu fui, do atendimento que recebi e do prato que comi. E óbvio, isso sempre pode variar de momento para momento. Fico triste em saber da situação que passaram. Coincidentemente hoje mesmo eu fui almoçar lá, mesmo fora do Restaurante Week (lá só tem jantar), e achei um atendimento um pouco pior das outras vezes que fui, mas ainda não tive problemas tão sério com o local, pratos e muito menos com os donos. Concordo que passar por uma situação dessas é realmente constrangedor e pode estragar a noite, e ainda entendo a questão legal sobre a cobrança das doações, você estava no seu direito e deveria ter sido respeitado. Mas ainda acho que não valia nenhuma das partes ter levado essa situação tão longe por causa da doação de R$1,00. De qualquer forma, em função do seu comentário vou fazer um novo post, com a minha avaliação da minha nova visita ao restaurante.
      Espero que mais ninguém tenha que passar por uma situação tão chata dessas.

      Beijo!

      Gostar

Comente!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s